Células-tronco e acupuntura reabilitam cães paraplégicos

Jornal O Tempo publica noticia sobre como a acupuntura e celulas-tronco podem ajudar cães paraplégicos.
UFMG oferece procedimento que envolve a técnica milenar chinesa
1318_0N5ZUEGI

Superação. Com dedicação da dona, Maria da Conceição, o cãozinho Pepe conseguiu superar uma lesão na coluna e voltou a andar
PUBLICADO EM 23/05/14 – 03h00

A hérnia de disco é um transtorno que atormenta muitas pessoas. Mas a doença também acomete os cães e é uma das causas mais frequentes de paraplegia entre os peludos. Para buscar diminuir os impactos da doença, uma pesquisa realizada no Hospital de Cães e Gatos da Universidade de São Paulo (USP) tem sido bem-sucedida ao aplicar células-tronco e realizar sessões de acupuntura. Uma compressão ou um impacto na região ventral da medula espinhal pode fazer os cães perderem o movimento das patas traseiras e, em cerca de 90% dos casos, também o controle da bexiga, fazendo com que tenham retenção urinária.

O responsável pela pesquisa da USP é o veterinário César Prado, que faz o estudo como parte de seu mestrado. “Os animais passam por um procedimento cirúrgico para descompressão da medula espinhal, e as células-tronco são aplicadas diretamente na medula. Após uma semana, elas são aplicadas novamente, dessa vez, com uma injeção através da pele, mas também dentro da medula, na região afetada”, explica Prado.

Além disso, todos os animais passam por fisioterapia duas vezes por semana. Para os bichos que recebem acupuntura, são três sessões por semana no início do tratamento, diminuindo para duas e, então, para uma vez por semana. O tratamento completo tem duração de 12 semanas.

Resultados. Com o tratamento, o veterinário pretende obter melhoras neurológicas na condição da medula espinhal ou na liberação de substâncias que estimular a regeneração neurológica.

“A maior parte dos animais ainda está em tratamento, porém já pode ser observado o retorno ou melhora de algum reflexos espinhais, sinais de um provável formigamento em membros, melhora na incontinência urinária e recuperação de sensação dolorosa em algumas regiões da pele”, afirma.

Acupuntura. No Hospital Veterinário da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a professora Patrícia Maria Coletto Freitas faz aplicações da técnica milenar chinesa nos cães para o tratamento de hérnia de disco e de outras condições.

“Com a acupuntura, temos bons resultados na recuperação dos movimentos de contração da bexiga e de contração e relaxamento do canal urinário. A acupuntura também tem bons resultados nos casos de dor e, este ano, temos usado muito também para questões emocionais”.

Noticia disponível em http://www.otempo.com.br/interessa/células-tronco-e-acupuntura-reabilitam-cães-paraplégicos-1.850319

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s