Ansiedade

A ansiedade é uma reação normal ao estresse, funciona como uma defesa do organismo aos estímulos do ambiente; mas quando esta reação se torna constante, pode ser considerada uma doença. Existem varias formas de transtornos de ansiedade, como: distúrbio de ansiedade generalizada, distúrbio de panico, distúrbio obsessivo compulsivo, distúrbio de estresse pós-traumático, fobia social e fobias especificas; porém todos estes apresentam sintomas comuns como medo, preocupação e apreensão excessivos e irracionais. O mais comum em nossa sociedade é o distúrbio de ansiedade generalizada, onde a pessoa tem uma preocupação incontrolável e excessiva com coisas corriqueiras, que pode ser acompanhado de distúrbios depressivos e abuso de substancias.

Sintomas físicos

Apesar do distúrbio da ansiedade ser de caráter mental, ele pode causar:

  • Tensão muscular
  • Suor
  • Náusea
  • Frio, mãos úmidas
  • Dificuldade de engolir
  • Desconforto gastrintestinal ou diarreia
  • Irritabilidade
  • Cansaço
  • Insonia

Lembrando que o diagnostico é feito quando alguns destes sintomas estão presentes na maior parte do dia da pessoa por pelo menos seis meses.

A ansiedade na Medicina Chinesa

Na Medicina Chinesa, a ansiedade pode ser causada pelo excesso de pensamentos e preocupações e estresse emocional, que inclui raiva, raiva reprimida, preocupação, frustração, ressentimento, culpa, vergonha ou choque, que esgotam a energia e fazem com que ela fique estagnada e não consiga fluir pelos seus canais, causando um desequilíbrio.  Além do estresse emocional, outras causas da ansiedade são a constituição corporal,  dieta irregular e sobrecarga de trabalho. A constituição corporal é uma propensão que a pessoa possui em desenvolver a ansiedade e que pode ser observada em outros membros da família, a dieta também é considerada porque o excesso de pensamentos esgotam a energia, e parte dela vem dos alimentos, portanto uma boa alimentação essencial, e por fim a sobrecarga de trabalho é importante por agravar o esgotamento da energia.

O tratamento da ansiedade pela Acupuntura

Como existem vários transtornos de ansiedade e diferentes causas para cada tipo, a forma de tratamento varia para cada paciente dependendo de sua avaliação. Mas como existem sintomas comuns, os objetivos comuns do tratamento incluem a utilização de pontos que tonifiquem as energias que foram esgotadas, que diminuam as energias em excesso e pontos para a desobstrução dos canais em que a energia esta parada. Além das agulhas também podem ser utilizadas a ventosaterapia, que é a colocação de ventosas em determinados pontos para desestagnar a energia, a moxaterapia, que é a utilização da moxa (feita de artemísia – uma planta medicinal chinesa) na região dos rins para aumentar a energia e a auriculoterapia, que é a colocação de agulhas ou sementes na orelha.

Uma pergunta muito comum é quanto tempo dura o tratamento. Não existe um tempo exato, cada pessoa reage de uma forma durante o tratamento, e o que não devemos esquecer é que a acupuntura não é feita somente para o alivio de sintomas, mas sim para a CURA da doença, por isso, na maioria das vezes, mesmo que os sintomas desapareçam, é necessário que a pessoa continue realizando as sessões, pois pode ser que o equilíbrio ainda não tenha sido alcançado.

Enfim, a acupuntura tem trazido ótimos resultados para as pessoas que sofrem do transtorno de ansiedade, pois apresenta vantagens sobre outros tratamentos, por ser uma técnica natural e sem efeitos indesejados.

Faça Acupuntura, por uma vida melhor!!

Acupuntura

Acupuntura

Moxaterapia

Moxaterapia

Ventosaterapia

Ventosaterapia

Auriculoterapia

Auriculoterapia

 

Por Rafaela Moura Santos

Anúncios