Rinite Alérgica

nariz

A rinite alérgica pode ser caracterizada como uma reação antígeno-anticorpo na mucosa nasal, ou seja, na presença de um antígeno (partícula que causa a alergia), o corpo libera anticorpos para a sua proteção. Quando o antígeno é o grão de pólen, dizemos que a rinite é sazonal, ou seja, aparece em determinadas épocas do ano; mas quando os causadores são a poeira, resíduos fecais de ácaros da poeira domestica, esporos de fungos e pelos de animais, dizemos que a rinite é alérgica perene.

Quando o agente alérgeno é inalado, as células de defesa são sensibilizadas e induzem a produção de histamina e a hiperestimulação das terminações nervosas resulta no espirro, com tudo isso, ocorre o edema (inchaço) exagerado da mucosa que pode obstruir a drenagem na cavidade nasal e causar sinusite em 50% dos afetados. Em alguns casos a rinite também pode afetar os olhos e a conjuntiva, que pode se tornar vermelha e acompanhada por prurido (coceira).

12306668

Na Medicina Chinesa a rinite é causada por invasões de vento frio no canal do pulmão não tratadas adequadamente, assim, depois de um tempo, o pulmão não consegue difundir a energia para baixo e desenvolve-se uma estagnação local, que causa a secreção. Outra causa para a rinite alérgica é a deficiência da energia de defesa, que também esta relacionada com a energia do pulmão. As causas do desequilíbrio são varias, e, de acordo com elas é que o tratamento é definido.

Os principais sintomas da rinite variam com as causas, e alguns deles são: obstrução nasal, corrimento nasal claro, dor de cabeça moderada ou intensa, espirro, vermelhidão e inchaço ao redor do nariz, prurido nos olhos, secreção amarelada e purulenta, diminuição do olfato, sabor amargo na boca, entre outros.

Para o tratamento, primeiro precisamos definir se a rinite é sazonal ou perene, quando esta é sazonal, o tratamento deve se adequar a estação, já que estas podem ser causadoras de mudanças em nosso corpo, podendo causar desequilíbrios energéticos, sendo que o melhor momento para tratar a raiz do problema é no final do verão e inicio do outono. O objetivo do tratamento é tonificar a energia de defesa e fortalecer o organismo.

Quando a rinite é perene (não depende da época do ano), o tratamento pode ser feito em qualquer época do ano, e, nestes casos, o objetivo é tonificar os sistemas de defesa do organismo, fortalecer o pulmão, o rim e expulsar o vento (energia do vento) do corpo.

Alem disso, são utilizados pontos específicos para cada sintoma e podemos utilizar tanto a acupuntura sistêmica (no corpo) quanto a acupuntura auricular, e, dependendo do caso, a moxa também pode ser utilizada.

Vários estudos tem sido realizados em pacientes de idades variadas (entre 3 e 72 anos) com rinite alérgica e perene, e os resultados apresentados são satisfatórios, entre as conclusões podemos citar melhora dos sintomas (as vezes imediata) e melhora da qualidade de vida.

Saiba mais…

alergias

Por Rafaela Moura Santos.

Anúncios