Acupuntura para Dor Crônica

acupuncture-title

Antes de tudo, devemos entender que a dor crônica é aquela que persiste por muito tempo em nosso corpo, seja por semanas, meses e até mesmo anos. Ela pode ser localizada em qualquer parte e tem intensidade variada para cada indivíduo.

A acupuntura é um tratamento efetivo contra a dor crônica, segundo um novo estudo que comparou a acupuntura com um placebo e com os cuidados farmacológicos tradicionais para a condição. Pesquisadores britânicos e norte-americanos analisaram dados de pacientes individualmente. Esta técnica permite aferir resultados estatisticamente mais significativos. Eles mediram a eficácia da acupuntura para aliviar a dor crônica associada com dor lombar crônica, dor no pescoço, osteoartrite, dor nos ombros e dor de cabeça crônica.

Os estudos compararam o benefício no alívio da dor da acupuntura em relação ao tratamento usual sozinho e à acupuntura simulada (placebo), em que as agulhas são postas levemente sobre a pele ou em pontos não ligados à dor. Em todos os casos, a redução da dor pela acupuntura foi significativamente superior aos demais métodos. De acordo com Andrew Vickers, do Centro Memorial de Câncer Sloan-Kettering, muitos dos cerca de três milhões de norte-americanos adultos que recebem tratamentos com acupuntura todos os anos usam-no para aliviar a dor crônica, mas o impacto clínico dessa terapia nunca havia sido convincentemente demonstrada. “Há poucos tratamentos para a dor crônica sustentados por dados de pacientes individuais, resultados de uma meta-análise como a nossa, que usou um grande número de doentes que participaram de estudos randomizados de alta qualidade, e esperamos que estes resultados fundamentem futuras decisões clínicas e políticas para a acupuntura,” disse Vickers.

Recomendações da acupuntura

George Lewith, coautor do estudo, acredita que essas “conclusões definitivas” trarão reconhecimento para a acupuntura como um tratamento, e incentivem os médicos a recomendá-la como um tratamento seguro e eficaz.

Fonte: Diário da Saúde

Por Rafaela Moura Santos

Anúncios

Fibromialgia

fibromialgia

A fibromialgia é uma doença onde a principal característica é a dor muscular crônica, que pode ser acompanhada por rigidez, sensibilidade, fadiga e distúrbios do sono. A dor pode estar presente em diversos locais do corpo, sendo que os mais comuns são pescoço, costas, ombros, cintura pélvica, braços e pernas. Outros sintomas podem estar associados à fibromialgia, como:

  • Depressão
  • Adormecimento ou sensação de formigamento em mãos e pés
  • Dificuldade de concentração e memória debilitada
  • Mudanças de humor
  • Dor no peito
  • Bexiga e intestino irritáveis
  • Dor na face e na cabeça
  • Tontura
  • Ansiedade
  • Períodos menstruais dolorosos

As pessoas que sofrem de fibromialgia relatam dor uma dor profunda, em punhalada, aguda e com sensação de rigidez. O frio úmido, ansiedade, estresse, excesso ou falta de atividade física e falta de sono são fatores que podem piorar a dor.

A fadiga é um ponto muito importante quando se trata da fibromialgia, pois neste caso, ela deve ser entendida como mais do que estar cansado, é um esgotamento que interfere em atividades simples do dia-a-dia. Às vezes pode limitar não só as atividades físicas, mas também as mentais.

A maioria dos pacientes com fibromialgia acordam cansados mesmo que tenham dormido muito, isto acontece porque o distúrbio do sono associado à doença impede que a pessoa atinja o estágio de sono profundo, provocando, durante o sono, espasmos musculares (movimentos involuntários) nas pernas.

Na medicina ocidental, ainda não existe uma causa definida para a doença e nenhum exame laboratorial para diagnosticar a fibromialgia, dependendo, portanto, apenas dos relatos do paciente. De acordo com o Colégio Americano de Reumatologia, algumas regras para o diagnóstico é que dor esteja presente por pelo menos 3 meses e em 11 pontos do corpo, sendo que esta dor é anormalmente sensível ao toque suave e firme.

Pontos de dor

Pontos de dor

A Fibromialgia na Medicina Chinesa

Na Medicina Chinesa, a energia deve fluir pelo corpo por diversos canais, alguns deles são mais profundos e outros mais superficiais, estes se localizam no pequeno espaço entre a pele e os músculos. Este “espaço” é muito importante porque nele é onde circula nossa energia de defesa, que impede a entrada dos fatores causadores de doenças, é produzido o suor e também é onde os poros da pele são regulados. Quando a umidade “invade” este local, ela causa a sensação de dor e rigidez muscular, peso nos membros e fadiga. Como a energia está em movimento e os canais mais superficiais estão ligados aos mais profundos, ela leva o excesso de umidade para outros locais, podendo causar, por exemplo, a estagnação do sangue, que leva à dor intensa.

As causas da fibromialgia na Medicina Chinesa são:

  • Invasão de fatores externos como a umidade ou vento frios
  • Tensão emocional
  • Dieta irregular
  • Trabalho físico excessivo

Quando falamos de umidade, nos referimos ao ambiente muito úmido, permanecer com roupas molhadas ou até mesmo ao excesso de alimentos que levam ao acúmulo de umidade (laticínios por exemplo). O vento causa contração e dor e o frio intensifica a dor. O estresse emocional causado por raiva, culpa, vergonha, medo, preocupação, tristeza ou pesar causam a estagnação da energia afetando os músculos. Em relação à dieta, o excesso de alimentos gordurosos, frituras e laticínios causam o excesso de umidade e consequentemente a fibromialgia; além dos alimentos, os maus hábitos como comer irregularmente, com pressa, tarde da noite, saltar refeições ou comer enquanto trabalha também podem causar acúmulo de umidade no corpo. Já o excesso de trabalho físico faz com que a pessoa gaste sua energia mais que o necessário, enfraquecendo alguns órgãos e suas funções.

Como já foi dito em outras matérias, os diagnósticos na Medicina Chinesa se baseiam em desequilíbrios energéticos, seja por excesso ou falta de energia. No caso da fibromialgia, nos casos em que há excesso a dor é mais intensa, já nos casos de deficiência, a pessoa se sente mais cansada e sofre mais com problemas digestivos e tem pouco apetite.

O Tratamento

1347464968_437962648_1-Clinica-Tao-da-Fertilidade-Medicina-Chinesa-e-Acupuntura-para-os-problemas-da-mulher-Portuguesa

A fibromialgia é um quadro crônico, que requer tempo e paciência no tratamento, que se baseia em eliminar os fatores patogênicos e equilibrar a energia, tonificando as energias enfraquecidas e diminuindo aquelas que estão em excesso. A escolha dos pontos se baseia em ramos: tratar os locais de dor, que variam a cada paciente ou em um mesmo paciente pode variar em diferentes sessões, já que a dor muda de lugar; nestes pontos, as agulhas causam o relaxamento muscular, que leva ao alívio da dor. tratar com pontos energéticos que estão distantes do local da dor para estimular o fluxo normal da energia e tratar as condições do paciente, harmonizando sua energia, principalmente a de defesa, que pode ser relacionada ao que conhecemos como imunidade. Além destes pontos, localizados pelo corpo, também utilizamos a acupuntura auricular e também algumas ervas medicinais. Há casos em que a moxa e as ventosas também são utilizadas.

Com o tratamento da acupuntura, não só a dor será melhorada, mas também as condições emocionais do paciente, dessa forma, ele terá melhores condições de se recuperar e consequentemente, melhor qualidade de vida.

fibromialgia-821041

 

Por Rafaela Moura Santos

 

 

A Acupuntura no tratamento do câncer

Nas pesquisas ocidentais, os estudiosos concluíram que o câncer é causado por uma mutação dos genes responsáveis pelo crescimento e mitose da célula. Todos os dias, milhares de células são formadas, mas apenas algumas são capazes de sofrer essa mutação, a maioria delas acaba morrendo naturalmente ou são destruídas pelo sistema imune. Esse processo é coordenado pelo nosso DNA, que tem um sistema de “revisão” para que as mutações sejam evitadas. Porém, existem fatores externos que podem aumentar as chances para que ocorra a mutação, que são:

  • o excesso de exposição a radiação,
  • uso de substancias carcinogênicas, como o cigarro,
  • alguns tipos de vírus e
  • condições hereditárias.

veja18-cancer

As células que sofreram a mutação tem um comportamento diferente das células normais, elas podem vagar pelo corpo, originando tumores em outras locais, promovem maior circulação em sua área, aumentando a nutrição e consequentemente o crescimento do tumor e não respeitam os limites de crescimento de uma célula normal, por isso, elas captam mais nutrientes que as células normais, levando as células saudáveis à morte nutricional e consequentemente à morte do portador. Por estes motivos, o tratamento do câncer se baseia em eliminar a nutrição às células cancerígenas.

Locais que podem ser afetados

Quimioterapia-oral-com-36-medicamentos-esta-entre-os-novos-procedimentos-obrigatorios-para-os-planos-de-saude

O câncer na Medicina Tradicional Chinesa (MTC)

A MTC aborda o câncer não somente tratando o tumor, mas o paciente como um todo, estimulando seu sistema imune e diminuindo os sintomas relacionados ao câncer e os efeitos colaterais decorrentes dos tratamentos como a quimioterapia.

Para os chineses, as causas do aparecimento dos tumores esta relacionada ao desequilíbrio energético decorrente de muitos anos e a uma vida desregrada físico e mentalmente. Como já foi dito, a energia deve circular por todo o organismo e movimentar as substancias, quando ha o desequilíbrio, seja por fatores externos ou emocionais, ha a estagnação e uma das consequências pode ser o aparecimento dos tumores. Existem vários padrões de  energéticos, cada um tem causas e sintomas diferentes, que variam em sensação de distensão abdominal, depressão mental, irritabilidade, sensação de tristeza, mudanças de humor, náusea, anorexia, vomito com ou sem sangue, perda de sangue pelo nariz, menstruação dolorida e irregular com coágulos e dor abdominal. Quanto as causas o estado de frustração, fúria reprimida ou ressentimento por um longo período também pode afetar a circulação da energia e consequentemente causar a sua estagnação.

O tratamento do câncer pela acupuntura

O tratamento se baseia em restabelecer o equilíbrio definindo e tratando suas causas. Em um estudo, Thoresen (2003) obteve sucesso em 80% dos casos de câncer, havendo desaparecimento total ou redução significante do tumor, sendo que nos 20% restantes não houve progressão da doença.

be7001834dbe06987c6ea2ff4225875f

Melhora da qualidade de vida e efeitos colaterais durante o tratamento

Ha vários estudos sobre a eficacia da acupuntura no tratamento da náusea e vomito decorrentes do tratamento de quimioterapia. Um estudo realizado em 1997 fez com que o National Institutes of Health (NIH) concluísse que “a acupuntura é eficaz para o tratamento de náusea e vomito pós-operatório e apos quimioterapia” (ACUPUNCTURE. NIH CONSENSUS STATEMENT ONLINE, 1997 apud TAGLIAFERRI, 2001).

Já nos casos de dor cronica causada por câncer, a eficacia da acupuntura é comprovada por seus estímulos ao sistema nervoso, que leva a liberação de endorfinas e outros neurotransmissores que bloqueiam a dor possibilitando a redução de medicamentos analgésicos. Num estudo com 286 pacientes com metástase em osso, 74% apresentaram significativo alivio da dor quando submetidos a eletroacupuntura, além de necessitarem de doses muito menores de narcóticos por um longo período (GUO 1995).

Um outro estudo mostrou que a acupuntura é eficaz também na manutenção e restauração do numero de células brancas do sangue; em 48 pacientes com leucemia cronica, a acupuntura levou ao aumento em mais de 90% da contagem das células.

Não existe um protocolo de tratamento, pois as causas variam a cada paciente e, assim, a forma de tratamento também. Porém, em todos os casos podem ser utilizadas as agulhas em pontos específicos do corpo, a auriculopuntura, a eletroacupuntura (que a utilização de estímulos elétricos nas agulhas) e o laser em alguns pontos. Ha casos em que a moxaterapia também e importante, principalmente para aumentar o numero de células brancas do sangue, que são responsáveis pela defesa do nosso organismo.

Enfim, a acupuntura é muito eficaz tanto no tratamento dos tumores como também na melhora da qualidade de vida dos pacientes que realizam os tratamentos convencionais como a quimioterapia ou radioterapia. Lembrando que ela pode ser realizada em qualquer tipo de câncer.

cancer-de-mama2

Por Rafaela Moura Santos