Acupuntura para Esportistas

runner-1024x682

Se você é um esportista profissional ou de final de semana deve saber que a pratica de esportes pode causar dores músculo-esqueléticas, fadiga muscular., inflamações e lesões, deve saber também que a acupuntura como tratamento de atletas com lesões desportivas não é recente, mas o uso da acupuntura para melhorar o desempenho físico e mental do atleta é novo. Há pouquíssimos estudos no mundo nessa área, e  no Brasil, o Dr. Márcio De Luna – presidente da Associação Brasileira de Acupuntura do Rio de Janeiro (ABA-RJ) pode ser considerado pioneiro nesse tipo de pesquisa.

As principais indicações de lesões esportivas para tratamento com acupuntura são: tendinite patelar, lesões musculares, fasceíte plantar, entorse de tornozelo e lombalgia. A acupuntura é uma ótima opção por não causar dopping e não ter os efeitos colaterais que tem os medicamentos. Jogadores de futebol submetidos à acupuntura, por exemplo, costumam apresentar melhora em cerca de 90% dos casos.

E importante lembrar que a acupuntura melhora as dores causadas por uma artrose no joelho, por exemplo, mas não resolve o desgaste do joelho, não rejuvenesce a articulação.

Uma pesquisa recente revelou que a acupuntura estimula a liberação de substâncias bioquímicas que aliviam a fadiga atlética devido a exercícios intensivos de resistência. Além disso, os pesquisadores descobriram que a acupuntura aplicada em pontos específicos aumenta a atividade antioxidante e diminui os índices de estresse oxidativo. Durante este estudo os atletas de resistência receberam eletroacupuntura nas pernas uma vez ao dia, durante 15 dias, por um período de 30 minutos. Os resultados medidos mostram que a eletroacupuntura tem efeitos benéficos sobre a saúde humana, intervindo no processo de metabolismo de radicais livres em atletas. Os pesquisadores encontraram aumentos significativos na superóxido dismutase (SOD) e diminuições significativas no malondialdeído (MDA) sangüíneo nos atletas submetidos a prática de acupuntura. Superóxido dismutase é uma enzima que têm efeitos antioxidantes importantes e que protege as células contra a toxicidade, exercendo potentes respostas anti-inflamatórias no organismo. Além disso, a acupuntura aumentou com sucesso este importante agente bioquímico, na corrente sanguínea dos atletas. A acupuntura também mostrou níveis mais baixos de malondialdeído, um composto orgânico que é um marcador para o stress oxidativo, comenta o coordenador do Programa de Pós-graduação do IBMTC – Instituto Brasileiro de Medicina Tradicional Chinesa e presidente da Associação Brasileira de Acupuntura do Rio de Janeiro (ABA-RJ), Dr. Márcio De Luna.
Enfim, todos os estudos apontam que a acupuntura ajuda no alivio da fadiga e na melhora do desempenho físico de atletas. Alem disso, por tratar questões emocionais, como ansiedade, auxilia o atleta a se tranquilizar em períodos de competição.
ciclismo
Por Rafaela Moura Santos