Estresse

stress-word-blurr

A palavra estresse é tão usada no nosso cotidiano que às vezes a utilizamos sem saber seu verdadeiro significado. Devemos primeiro entender que o estresse é um estado de tensão mental e físico que altera o funcionamento do corpo; funciona como um sistema de defesa, como quando nos deparamos em situações de perigo, é um alerta para nosso organismo o avisando que ele deve se preparar para reagir, seja correndo/fugindo ou lutando. Nestas situações o organismo produz adrenalina e noradrenalina, que causam aumento da frequência cardíaca, aumento da sudorese, tensão muscular, insônia e outros sintomas e estas substâncias devem ser eliminadas do organismo em algumas horas para que ele volte ao seu funcionamento normal. Esta é a primeira fase do estresse, chamada de fase de alerta, mas quando o causador do estresse permanece por mais que algumas horas, a pessoa entra na segunda fase, que é a de resistência, na qual o organismo é obrigado a se adaptar a sobreviver com o funcionamento alterado e o organismo não volta ao funcionamento normal, levando à sensação de desgaste físico e dificuldades com a memória. Se o organismo permanecer por muito tempo nessa fase ele enfraquece e se torna vulnerável a determinadas doenças, como herpes, aumento da pressão, gripe frequentes, tontura, redução da libido e tonturas. Caso o agente estressor continue presente, a pessoa pode atingir a fase de exaustão, nesta, é extremamente importante um tratamento especializado, pois aqui as reações do organismo podem levar à morte.

how-to-relieve-stress-in-daily-life-1

Mas e se o fator que causa o estresse é o trabalho por exemplo? O que fazer? E se a pessoa não tem a opção de procurar um novo emprego? E se a causa forem conflitos familiares? Enfim, quando não se pode eliminar o fator que causa o estresse, devemos evita-lo ou ameniza-lo. Mas como? O estresse pode ser controlado com a alimentação saudável e equilibrada, atividades de relaxamento, como a acupuntura, prática regular de atividades físicas e reestruturação cognitiva, que envolve a “troca” de pensamentos negativos por pensamentos positivos, já que  os pensamentos podem gerar sentimentos.

O Estresse na Medicina Chinesa

Na Medicina Chinesa, o estresse não surge de uma hora para outra, assim como outras doenças, ele é causado por várias experiências estressantes que levam ao desequilíbrio energético do organismo, o torna frágil e leva ao adoecimento. já que o funcionamento normal do corpo e da mente dependem  do equilíbrio.

O tratamento do estresse pela Acupuntura

Acupuntura

O objetivo da acupuntura não é tratar os sintomas decorrentes do estresse, mas sim diagnosticar e tratar as causas do mesmo. Várias pessoas que sofrem com o estresse podem apresentar sintomas diferentes, e, mesmo aquelas que apresentam os mesmos sintomas, tem causas diferentes, por isso o tratamento é feito de forma individualizada.  Deve-se avaliar se o estresse é causado pelo excesso ou pela falta de energia, dos sentimentos que são apresentados e o tipo de desequilíbrio. São avaliados os hábitos da pessoa, sua língua, seu pulso e também seus sintomas, alguns deles são:

  • Problemas de pele
  • Angústia/ansiedade
  • Hipertensão arterial
  • Insônia
  • Tonturas
  • Irritabilidade excessiva
  • Perda do senso de humor
  • Diarreia
  • Tensão muscular, entre outros.

Além de eliminar as causas do estresse e alívio dos sintomas, os benefícios da acupuntura também garantem melhora na saúde e bem-estar para o paciente. Em uma pesquisa realizada com 20 adultos com diagnóstico de estresse, foram realizadas 10 sessões de acupuntura sistêmica (em todo o corpo) e auricular (sementes em pontos na orelha), o resultado foi uma redução de 75% do nível de estresse em relação ao inicial, além da redução dos sintomas apresentados.

Enfim, a ciência vem a cada dia, provando como a acupuntura pode melhorar a qualidade de vida das pessoas sem causar efeitos colaterais ou indesejados.  Faça acupuntura por uma vida melhor!

45cc19a4d255f6fb39a29781a7126c621.jpg

O estudo citado no texto pode ser conferido em http://www.scielo.br/pdf/pcp/v32n1/v32n1a04.pdf

Por Rafaela Moura Santos

Insonia

O termo insonia abrange diferentes problemas, como: incapacidade de adormecer com facilidade, acordar durante a noite, sono intranquilo, acordar muito cedo e sono perturbado por sonhos excessivos.

Na Medicina Chinesa, ha uma inter-relação entre o corpo e a mente, por isso, a tranquilidade durante o sono esta relacionada com a Mente, que tem relação direta com o coração.  Assim, tanto um fator patogênico pode afetar a mente como um estresse emocional pode afetar os órgãos e vísceras, ambos podem ser causados por excesso ou deficiência de energia e resultar em insonia.

A insonia pode causar, além do cansaço, pelo não relaxamento e descanso, irritabilidade e problemas relacionados a memoria.

Na Medicina Chinesa, a insonia pode ser causada pela preocupação, frustração, ressentimento ou irritação, estes sentimentos podem causar o excesso de algumas energias, que consequentemente, perturbam a mente e geram a insonia. O excesso de pensamento e a ansiedade geram deficiência e estagnação da energia. Ja a sobrecarga de trabalho associada a uma dieta irregular podem enfraquecer a energia, assim como um grande numero de partos ou atividade sexual excessiva (que se aplica mais aos homens).

insonia1

O Tratamento da Insonia pela Acupuntura 

Na acupuntura, o diagnostico pode se basear em varias evidencias o tipo de insonia e uma delas, que são a incapacidade de adormecer com facilidade, acordar durante a noite, sono intranquilo ou acordar muito cedo. A presença de sonhos excessivos ou assustadores também é importante, principalmente aqueles que deixam o individuo cansado pela manha. Acordar gritando, sonambulismo e falar dormindo também são sintomas importantes a serem avaliados. O que se sonha também pode dizer as causas da insonia, por exemplo, sonhar com inundações pode estar relacionado com um excesso da energia yin, enquanto que sonhar com fogo pode significar um excesso de energia yang. Outra observação importante é a presença de ronco, que significa umidade afetando o canal do estomago.

Para realizar o tratamento, primeiro deve-se identificar as causas, seja pelo excesso ou deficiência de energia. Depois do diagnostico faz-se a escolha do melhor tratamento. Os objetivos variam para cada pessoa, mas no geral incluem acalmar a mente e retirar o excesso das energias que causam a agitação durante a noite ou tonificar as energias que estão em deficiência e liberar os canais em que a energia se encontra estagnada.

Nos casos de insonia, também é comum o uso de moxas e ventosas para auxiliar o tratamento, além da terapia auricular.

DICA PARA DORMIR MELHOR:

De acordo com os chineses, a melhor posição para dormir é sobre o lado direito, com as pernas levemente dobradas, o braco direito dobrado de descansando a frente do travesseiro e o braco esquerdo repousando sobre a coxa esquerda. A explicação é que nesta posição o coração fica em posição mais alta de tal forma que o sangue pode circular de forma livre  e permitindo um sono mais tranquilo.

Acupuntura

Se você sofre com a insonia, procure logo o tratamento pela acupuntura!!!

 

Por Rafaela Moura Santos