Bruxismo noturno

acupuntura

Você sabe o que e o bruxismo? Esse é um problema comum, afeta pelo menos 15% da população mundial. Entretanto, a maioria não sabe. É raro alguém perceber que range os dentes durante o sono sozinho, logicamente, porque está dormindo. Além disso, não tem muitas opções de tratamento e poucos resultados eficazes. Sua principal característica é o ranger dos dentes, principalmente durante o sono. O ranger provoca um desgaste nos dentes que pode afetar a integridade dos mesmos e comprometer a saúde bucal. Quem tem bruxismo apresenta dentes gastos, musculatura da boca dolorida, intensas dores de cabeça, pescoço, costas e ombros tensos. Além disto, pode apresentar queixas como ouvir zumbidos; dores perto do ouvido; dificuldade para mastigar, bocejar e abrir a boca; estalos na região do ouvido, quando força a abertura da boca; levando a um quadro conhecido como movimentos parafuncionais, ou simplesmente bruxismo.

São varias as causas do bruxismo, entre elas a ma oclusão dentaria e a tensão emocional. As opções de tratamentos convencionais são o uso de placas de silicone ou acrílico protetoras dos dentes, uso de aparelhos nos casos de ma oclusão e remédios para o alivio da dor. A maioria destas opções tratam os sintomas da doença, assim, a causa permanece no individuo. Por causa do bruxismo estar diretamente ligado as causas emocionais, a acupuntura se torna uma ótima opção de tratamento, já que é capaz de tratar nossas emoções, inclusive o estresse. A acupuntura alivia o estresse através do reequilíbrio energético de todos os sistemas orgânicos, incluindo os responsáveis por nossos sentimentos.

1.466047

Como o bruxismo está incluído entre os distúrbios do sono é recomendável que o tratamento incluía também a restauração do padrão fisiológico do sono, e normalização da atividade dos músculos da mastigação.

Para tratar o bruxismo primeiramente é necessário realizar a avaliação diagnóstica. Muito freqüentemente os canais do estômago, baço-pâncreas, fígado e intestino delgado estão em desarmonia. O foco principal está em dois órgãos: o fígado, relacionado às tensões, e a vesícula biliar, representando os tendões atingidos pela ATM (articulação temporomandibular).

Ao colocar as agulhas em pontos específicos o organismo libera em maior quantidade a serotonina, aliviando as dores causadas pela disfunção. A região de fluxo energético situada logo atrás da orelha é tratada da mesma maneira, eliminando assim a dor no pescoço. Por último, é trabalhada a região lateral do rosto, bem como a próxima ao nariz.

Em um artigo recente, a acupuntura foi capaz de melhorar o bruxismo em diversos pacientes que já haviam procurado outras formas de tratamento. Alem da dor local, os pacientes relataram a melhora de outros sintomas como as dores no pescoço, cabeça e ATM, melhora do sono, estresse e ansiedade e relaxamento muscular.

Para uma melhor qualidade de vida, experimente a acupuntura!!!

SAIBA MAIS!!!

20110912095659544203o

Por Rafaela Moura Santos

 

 

Anúncios

Acupuntura para uma aparência melhor

IMG_2116

Sobre os resultados da acupuntura na saúde e qualidade de vida das pessoas nós já falamos, não é mesmo? Apesar de ser uma técnica tradicional, a acupuntura vem se aliando à tecnologia, como a eletroestimulação, para melhorar também a nossa aparência. Como sempre digo, na Medicina Tradicional Chinesa, o indivíduo é visto e tratado como um todo; até mesmo nos casos de estética. Quando a energia encontra dificuldade para fluir, por causa de fatores como o estresse, as emoções e o sedentarismo, os nosso órgãos, vísceras e tecidos começam a apresentar problemas de funcionamento, refletindo em nossa aparência. A celulite, por exemplo, pode ser um sinal de que há algum problema com a energia do fígado. A acne, por sua vez, pode ser provocada por um distúrbio energético no baço e no pâncreas.

Mas como a acupuntura faz isso? Ela restaura a livre fluidez da energia, além de provocar um processo químico imediato que melhora a circulação sanguínea, estimula as trocas metabólicas e a oxigenação dos tecidos. As agulhas são colocadas em diversos pontos do corpo e também no local a ser tratado, nestes, são acoplados às agulhas eletroestimuladores que potencializam a ação das agulhas, sendo capazes de quebrar células de gordura. O procedimento favorece o transporte de líquidos orgânicos e nutrientes para a pele, fazendo com que ela fique menos suscetível a doenças dermatológicas, mais corada, macia, tonificada, elástica e firme, o que provoca, entre outras coisas, a diminuição das rugas finas e da flacidez. Além da celulite e gorduras localizadas, as marcas de expressão também são alvo do tratamento, as agulhas estimulam a formação e a organização das fibras de colágeno e elastina e equilibram a tensão da musculatura facial, que causa as indesejadas rugas!

No caso da celulite, a acupuntura melhora a circulação sanguínea e linfática, combatendo o aspecto de casca de laranja, estimula a vascularização e a formação de um novo tecido, o que entre outras coisas atenua as estrias, e promove a tonificação da musculatura, fazendo com que ela fique mais firme.

O tempo para ver os resultados do tratamento dependem da condição de cada pessoa, mas podem ser vistos na primeira sessão, e por serem cumulativos, de maneira natural, não provocam alterações na fisionomia que podem ser desencadeados por alguns tratamentos convencionais.

Além da aparência, os pontos da acupuntura também melhoram o estresse, ansiedade e a qualidade do sono, que geralmente são problemas relacionados às pessoas que procuram o tratamento. Além de tudo isso, o relaxamento também será garantido, trazendo a sensação de bem-estar e calma.

Resultados de alguns tratamentos:

Marcas de expressão

Marcas de expressão

 

Estrias

Estrias

 

Acne rosácea no couro cabeludo

Acne rosácea no couro cabeludo

 

Celulites

Celulites

 

Postado por Rafaela Moura Santos

 

 

Estresse

stress-word-blurr

A palavra estresse é tão usada no nosso cotidiano que às vezes a utilizamos sem saber seu verdadeiro significado. Devemos primeiro entender que o estresse é um estado de tensão mental e físico que altera o funcionamento do corpo; funciona como um sistema de defesa, como quando nos deparamos em situações de perigo, é um alerta para nosso organismo o avisando que ele deve se preparar para reagir, seja correndo/fugindo ou lutando. Nestas situações o organismo produz adrenalina e noradrenalina, que causam aumento da frequência cardíaca, aumento da sudorese, tensão muscular, insônia e outros sintomas e estas substâncias devem ser eliminadas do organismo em algumas horas para que ele volte ao seu funcionamento normal. Esta é a primeira fase do estresse, chamada de fase de alerta, mas quando o causador do estresse permanece por mais que algumas horas, a pessoa entra na segunda fase, que é a de resistência, na qual o organismo é obrigado a se adaptar a sobreviver com o funcionamento alterado e o organismo não volta ao funcionamento normal, levando à sensação de desgaste físico e dificuldades com a memória. Se o organismo permanecer por muito tempo nessa fase ele enfraquece e se torna vulnerável a determinadas doenças, como herpes, aumento da pressão, gripe frequentes, tontura, redução da libido e tonturas. Caso o agente estressor continue presente, a pessoa pode atingir a fase de exaustão, nesta, é extremamente importante um tratamento especializado, pois aqui as reações do organismo podem levar à morte.

how-to-relieve-stress-in-daily-life-1

Mas e se o fator que causa o estresse é o trabalho por exemplo? O que fazer? E se a pessoa não tem a opção de procurar um novo emprego? E se a causa forem conflitos familiares? Enfim, quando não se pode eliminar o fator que causa o estresse, devemos evita-lo ou ameniza-lo. Mas como? O estresse pode ser controlado com a alimentação saudável e equilibrada, atividades de relaxamento, como a acupuntura, prática regular de atividades físicas e reestruturação cognitiva, que envolve a “troca” de pensamentos negativos por pensamentos positivos, já que  os pensamentos podem gerar sentimentos.

O Estresse na Medicina Chinesa

Na Medicina Chinesa, o estresse não surge de uma hora para outra, assim como outras doenças, ele é causado por várias experiências estressantes que levam ao desequilíbrio energético do organismo, o torna frágil e leva ao adoecimento. já que o funcionamento normal do corpo e da mente dependem  do equilíbrio.

O tratamento do estresse pela Acupuntura

Acupuntura

O objetivo da acupuntura não é tratar os sintomas decorrentes do estresse, mas sim diagnosticar e tratar as causas do mesmo. Várias pessoas que sofrem com o estresse podem apresentar sintomas diferentes, e, mesmo aquelas que apresentam os mesmos sintomas, tem causas diferentes, por isso o tratamento é feito de forma individualizada.  Deve-se avaliar se o estresse é causado pelo excesso ou pela falta de energia, dos sentimentos que são apresentados e o tipo de desequilíbrio. São avaliados os hábitos da pessoa, sua língua, seu pulso e também seus sintomas, alguns deles são:

  • Problemas de pele
  • Angústia/ansiedade
  • Hipertensão arterial
  • Insônia
  • Tonturas
  • Irritabilidade excessiva
  • Perda do senso de humor
  • Diarreia
  • Tensão muscular, entre outros.

Além de eliminar as causas do estresse e alívio dos sintomas, os benefícios da acupuntura também garantem melhora na saúde e bem-estar para o paciente. Em uma pesquisa realizada com 20 adultos com diagnóstico de estresse, foram realizadas 10 sessões de acupuntura sistêmica (em todo o corpo) e auricular (sementes em pontos na orelha), o resultado foi uma redução de 75% do nível de estresse em relação ao inicial, além da redução dos sintomas apresentados.

Enfim, a ciência vem a cada dia, provando como a acupuntura pode melhorar a qualidade de vida das pessoas sem causar efeitos colaterais ou indesejados.  Faça acupuntura por uma vida melhor!

45cc19a4d255f6fb39a29781a7126c621.jpg

O estudo citado no texto pode ser conferido em http://www.scielo.br/pdf/pcp/v32n1/v32n1a04.pdf

Por Rafaela Moura Santos

Cefaleias

old_068

A cefaleia, famosa dor de cabeça, é um dos sintomas mais comuns que chegam ao consultório. Raramente encontramos alguém que nunca tenha experimentado este sintoma durante sua vida. Na Medicina Chinesa as explicações se baseiam nos conceitos Yin e Yang, onde tudo que é alto é considerado Yang e o que é  baixo é considerado Yin, assim a cabeça é o local em que temos a maior concentração de energia Yang, e por isso, as maior parte das causas estão relacionadas ao excesso ou deficiência desta energia. Nos casos em que há excesso, a energia Yang fica estagnada na cabeça, causando as dores, e nos casos de deficiência, a cabeça que esta “acostumada” com determinada quantidade de energia sofre com a falta.

Existem varias formas de diagnosticar as causas da cefaleia, pode-se avaliar a presença de estresse emocional, a constituição física, sobrecarga de trabalho, atividade sexual excessiva, dieta irregular, traumas, partos e fatores externos como o clima.

O estresse emocional, como podem ver, esta sempre presente nas causas das doenças, e é muito importante a sua avaliação. As que podem causar a cefaleia são a raiva (que deve ser entendida como frustração, ressentimento e rancores), preocupação, tristeza e aflição, medo, excesso de pensamento, culpa e a vergonha; todos estes sentimentos causam a estagnação ou o esgotamento da energia.

A sobrecarga de trabalho, a atividade sexual excessiva para os homens e o excesso de partos para as mulheres causam o esgotamento da energia, e por isso, ela não flui como deveria, causando a cefaleia. Traumas causados por acidentes graves e quedas produzem a estagnação da energia e consequentemente a dor.

Sabem aquela frase “somos o que comemos”? Ela é verdadeira. A energia do nosso corpo, na visão chinesa, vem do ar que respiramos e dos alimentos que ingerimos, por isso a alimentação é tao importante na prevenção e tratamento de doenças. No caso das cefaleias, tanto o excesso quanto a falta de alimentos devem ser avaliados; sendo que as principais causas são o consumo excessivo de alimentos quentes como condimentos, pimenta e álcool, alimentos gordurosos,  derivados do leite, alimentos muito ácidos e que possuem excesso de açúcar branco e sal. Além destes o excesso de chocolate e café também podem ser as causas das dores.

Na hora do diagnostico, a localização da dor também é importante; cada região esta relacionada a determinado órgão ou víscera do corpo, já que alguns canais de energia passam pela cabeça.

cranio pontos

O tratamento da cefaleia pela Acupuntura

Para o tratamento da cefaleia com a acupuntura é utilizado o sistema de acuponto neuromuscular integrado. Este método consiste na escolha de pontos locais e distantes. Os pontos locais são localizados na cabeça onde o paciente relata a dor e os pontos distantes são localizados ao longo do corpo, nos meridianos, os quais se relacionam com a dor e suas causas, sendo que todos estes variam para cada pessoa, pois depende do que foi diagnosticado na avaliação. Em cada caso a acupuntura terá um efeito; no caso da cefaleia causada por tensão muscular, por exemplo, as substâncias neuroquímicas induzidas pela inserção de agulhas, como exemplo a endorfina, são secretadas da corrente sanguínea, causando relaxamento dos músculos e melhorando a dor.

Em todos os casos, a estimulação da área dos pontos de acupuntura localizados sobre áreas de terminações nervosas, estimula o Sistema Nervoso Central, atingindo o mesencéfalo, o hipocampo e o hipotálamo, ocorrendo a liberação de substancias como a endorfina, as quais bloqueiam os estímulos da dor. Além disso elas estimulam as vias que liberam os opioides promovendo o efeito analgésico da terapia realizada pela acupuntura.

Além de melhorar a dor, com o tratamento da acupuntura ocorre também a diminuição do uso de medicamentos, que é um fator importante, já que uma pesquisa feita nos Estados Unidos em 2001 relatou que o custo para o tratamento de dores ultrapassa 70 bilhões de dólares por ano, sendo imensurável os custos individuais em pessoas portadoras de dores crônicas.

Além do tratamento com as agulhas, podem ser utilizadas também as sementes na orelha (acupuntura auricular) e orientações em relação a dieta e estilo de vida, que também devem ser tratados, já que podem contribuir com a piora da dor.

20130830105754910286u

Por Rafaela Moura Santos

Pânico sob controle

sindrome-do-panico

A palavra Pânico é um termo de origem grega. Segundo a mitologia, existia um deus chamado Pã, que aterrorizava as pessoas. A Síndrome do Pânico, presente em grande parte da população, causa sintomas como angústia, palpitações, pressão no peito, falta de ar, as mãos ficam geladas e uma sensação de descontrole. De acordo com relatos de pacientes que sofrem desse mal, a morte parece iminente.

A síndrome se caracteriza por um período de medo e desconforto que começa subitamente, com pico em 10 minutos, podendo durar entre 1 a 2 horas, até 4 horas. Uma sensação de perigo iminente e grande ansiedade para fugir a estas sensações, completam o quadro. Para se caracterizar o pânico em diagnóstico, é preciso que pelo menos 4 sintomas dos 13 conhecidos estejam presentes. São palpitações, dor ou desconforto torácico, sudorese, náuseas ou desconforto abdominal, tremores, tonturas ou vertigens, dispneia, despersonalização, sensação de asfixia, medo de perder o controle ou enlouquecer, medo de morrer, parestesias ou formigamentos nas extremidades e calafrios ou ondas de calor.

Existem algumas condições clínicas que desencadeiam o pânico. São quadros de hipertireoidismo, hiperparatireoidismo, disfunções do labirinto, convulsões, condições cardíacas como, arritmias, taquicardias e outras. Além disso, há condições induzidas por drogas, como cocaína, anfetamina, cafeína, maconha, abstinência alcoólica.

A Acupuntura é bastante usada nos casos de síndrome do pânico, pois regula o organismo controlando a ansiedade e evitando que o quadro aconteça. Além disso, todos os sintomas associados citados acima podem ser melhorados, já que a acupuntura trata o organismo como um todo. A acupuntura proporciona também um relaxamento e alivio de tensões, melhorando as condições clinicas do paciente.

download

Enfim, com a acupuntura, a qualidade de vida de todos pode ser melhorada!

Por Rafaela Moura Santos

A primeira consulta a um acupunturista

Ao entrar pela primeira vez em um consultório de acupuntura, você vai encontrar um ambiente diferente dos consultórios médicos. O ambiente mais aconchegante não possui caixas de remédios nem mapas de anatomia, mas sim objetos que te lembrarão a cultura chinesa, mapas de pontos de acupuntura, plantas, aquários e pedras.

A entrevista também se diferencia nas perguntas, pois, por trabalhar o equilíbrio energético, as perguntas irão incluir suas preferencias alimentares, climáticas e como se encontram suas emoções. Apos as perguntas, o pulso, a língua e a orelha poderão ser avaliados para complementar e ajudar em um diagnostico mais preciso. Quanto a isso, não se preocupe, pois o diagnostico deve ser energético, então se o acupunturista disser que você possui “fogo no Figado”  não quer dizer que ha fogo em você, mas que existe um desequilíbrio energético que sera corrigido com a acupuntura.

Depois da avaliação, você deitara em uma maca em posição confortável para receber as agulhas.  O Acupunturista poderá consultar um mapa ou livro para eleger os melhores pontos para o seu caso. As agulhas são dez vezes mais finas que as injeções e os pontos são naturalmente menos propensos a dor, por isso não se preocupe, pois raramente sentira dor, as sensações mais comuns são de peso, formigamento ou latejamento. Em seguida você poderá relaxar, as agulhas poderão ficar em seu corpo por aproximadamente 40 minutos, e, se você dormir, não sera o único!

No fim, as agulhas serão retiradas e uma nova sessão sera marcada.

Experimente!!!

DSC07174

DSC07172

DSC07177

Por Rafaela Moura Santos

As emoções e as doenças

Todos os dias passamos por situações que nos levam a reagir de formas diferentes; às vezes sentimos alegria, em outras raiva, tristeza, ansiedade e preocupação ou até mesmo medo. Todas essas emoções são essenciais para que tenhamos o equilíbrio, porém, quando elas são muito intensas, prolongadas ou até mesmo reprimidas, podem causar doenças emocionais e físicas. Já perceberam que quando estamos ansiosos ou temerosos por algum acontecimento ficamos agitados, podem surgir dores de cabeça, diarreia e até mesmo a insônia? Essas alterações acontecem num período curto de tempo; a longo prazo, as alterações são mais graves e os sintomas também, porém, mais difíceis de serem percebidas. Um exemplo de doença causada pelas emoções é a depressão, ela pode ser iniciada por um excesso de tristeza e ansiedade, e mesmo sendo uma doença emocional tem prejuízos mentais e físicos, como perda da autoestima, despersonalização, distúrbios de percepção, insônia e perda de apetite. Outros exemplos são: Síndrome do pânico, ansiedade, obesidade, os vários tipos de vícios, enfim, são várias as doenças que podem ser desencadeadas pelas nossas emoções. Mas não se preocupe, isso não quer dizer que você não pode sentir tristeza ou raiva ou medo, pelo contrário, você deve senti-las, mas de forma equilibrada. Na sociedade em que vivemos, é impossível não passar por situações estressantes, mas devemos ter também momentos de relaxamento e descanso da mente.

E as pessoas que já sofrem com essas doenças, o que fazer? Ou, como evitar? A acupuntura é a forma mais natural e não agressiva ao organismo no tratamentos de doenças emocionais, pois ela regula o organismo para que ele possa reagir às situações do dia-a-dia de forma saudável, além disso, promove um relaxamento e um bem estar que acalmam o corpo e a mente, melhorando a qualidade de vida e  prevenindo várias doenças.

45cc19a4d255f6fb39a29781a7126c62

Por Rafaela Moura Santos